Buscar
  • Cássio C. Nogueira

O primeiro passo para a excelência na comunicação...



Em tempos de “conexões”, comunicar-se com assertividade é uma das mais relevantes competências para qualquer indivíduo, não é mesmo? E, para se desenvolverem, é comum as pessoas focarem nas técnicas de expressão verbal, tanto para a fala, quanto para a escrita, e nas fórmulas para influenciar pessoas.

Acontece que comunicação é um evento que engloba inúmeros aspectos dos indivíduos e do contexto e a comunicação verbal é apenas um dos diversos recursos de expressão. O que quero dizer é que a conexão vem antes da comunicação e, se a conexão for legítima e sólida, uma boa comunicação já será uma realidade, mesmo que desprovida das técnicas e das fórmulas.

Essa conexão não é a comunicação em si, que deriva dela, mas a identificação emocional daquilo que um indivíduo deseja ou precisa expressar com aquilo que outro indivíduo deseja ou precisa ouvir. A conexão se dá quando as pessoas se enxergam e se escutam com o coração e a mente abertos, na tentativa de entender o por quê por traz dos eventos e das personas. Na conexão não há julgamento, apenas compreensão e empatia.

A melhor estratégia para desenvolver a competência em estabelecer conexões pode estar na correção do hábito da auto rejeição. Se você acha que merece um trabalho, candidate-se a ele! Se você acha que seu artigo é bom, publique-o! Se você não sabe se eles vão responder o seu “e-mail”, envie-o! Daí, avalie os resultados e faça de novo, melhor! Quando somos frequentemente duros demais conosco, tendemos a nos habituar a criticar, a procurar o pior, e isso nos leva a focar sempre nos problemas e a julgar o comportamento de todos ao nosso redor também. Isso anula qualquer possibilidade de construir pontes entre as pessoas e você. Além do mais, a auto rejeição limita nossa disposição para a ação, mas só descobriremos nossa competência quando estivermos fazendo algo e só nos desenvolveremos quando cometermos erros e entendermos por que eles aconteceram. Vá lá, tente e, se não acontecer como você planejou, anise o que pode estar inadequado e tente de novo. E de novo. E de novo...

0 visualização