Buscar
  • Cássio C. Nogueira

Arte ou vandalismo?

Olá! Sugiro que você leia este texto ouvindo a seguinte canção:



Em meio à turbulência ideológica da era dos valores questionados, desfigurados, inventados, exagerados e inexistentes, eu me encontro em um dilema: até onde a tolerância é humanidade inclusiva e onde a expressão social se torna violência disfarçada de equidade?


Lendo a matéria sobre as aventuras de ENERI, não consigo evitar questionar-me sobre que recalques legítimos seus argumentos revelam e quais são os impactos emocionais de seus atos sobre as pessoas anônimas de quem ela se esconde, enquanto, camuflada pelas sombras de São Paulo, expressa seus pensamentos.


Uma coisa que eu aprendi cedo é que respeito não se exige, se conquista. Mesmo com imposição pela força, o respeito exigido, cedo ou tarde se mostra inexistente, enquanto o conquistado é praticamente eterno. Mas, para ser respeitado, é preciso primeiro aprender a respeitar.


O artigo levanta o contraponto entre arte e vandalismo, ao que ENERI lança sua defesa ácida, com um fundo ideológico passivo-agressivo, dizendo que “as pessoas se esforçam muito para entender a arte abstrata, a arte surrealista que veio de fora, mas se esforçam pouco para entender os movimentos que são gerados aqui.” Penso, contudo, que o problema talvez não seja exatamente “o que é”, mas “onde está” e “sob que circunstâncias o é e lá está”.


Não consigo encontrar um dilema propriamente dito nessa controvérsia, pois, pra mim, a relação é bem mais simples: arte é qualquer forma de expressão do pensamento próprio, enquanto vandalismo é qualquer forma de expressão do desrespeito pelo espaço alheio. De novo, respeito não se impõe, se conquista.


E é então que fico tentando entender (sem sucesso) se estamos de fato rumando pra um mundo mais comprometido, justo, inclusivo, harmonioso e carinhoso ou se estamos só navegando nas águas nervosas de uma briga mesquinha pelo poder e pela atenção, disfarçada no embate entre políticas e lutas sociais.


Será que você pode me ajudar?


REFERÊNCIA:


ARAÚJO, Peu. Escalada e pixo na madrugada de São Paulo: uma noite com ENERI. TAB UOL, 12 fev. 2021. Disponível em: <https://tab.uol.com.br/noticias/redacao/2021/02/12/escalada-e-pixo-na-madrugada-de-sao-paulo-uma-noite-com-eneri.htm>. Acesso em: 12 fev. 2021.


#opiniao #comunicacao #valores #respeito #PoliticasSociais #LocalDeFala

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo